Trilha do Telégrafo: por traz da ilusão de ótica

  • Compartilhe

A trilha da pedra do telégrafo é uma das mais procuradas atualmente no Rio de Janeiro. Localizado em barra de Guaratiba, Zona Oeste do Rio de Janeiro, muito conhecido por ser um polo gastronômico e de plantas ornamentais.

Início da trilha Foto: Viaje em Família

Início da trilha
Foto: Viaje em Família

Um pouco íngreme a ladeira porém a mata é fechada, o que inibe um pouco o sol. Importante levar repelente. Foto: Viaje em Família

Um pouco íngreme a ladeira porém a mata é fechada, o que inibe um pouco o sol. Importante levar repelente.
Foto: Viaje em Família

No lugar vivia Roberto Burle marx, um fantástico paisagista que é reconhecido mundialmente.

O local já foi um ponto estratégico militar na segunda guerra mundial por causa de sua altura e localização, com altitude de 354 m acima do nível do mar, por isso o nome morro do Telégrafo, pois na época da Guerra havia um Telegrafo instalado encima da pedra.

Vista em meio a trilha, na metade do caminho. Foto: Viaje em Família

Vista em meio a trilha, na metade do caminho.
Foto: Viaje em Família

O espetáculo é surpreendente quando se olha a vista para as duas maiores florestas urbanas do mundo (Parque da Pedra Branca e Tijuca) e para a restinga de Marambaia, uma reserva mantida pelas nossas forças armadas.

Primeiro mirante com vistas incríveis Foto: Viaje em Família

Primeiro mirante com vistas incríveis
Foto: Viaje em Família

Uma beleza intocada em meio à cidade maravilhosa. Muitos turistas não chegam a conhecer essa região, pois fica um pouco mais afastada das tradicionais atrações turísticas do Rio (cerca de uma hora de carro da praia de Copacabana).

Recompensa sem preço ao chegar na pedra Foto: Viaje em Família

Recompensa sem preço ao chegar na pedra
Foto: Viaje em Família

Um dos motivos além da beleza extraordinária da Barra de Guaratiba, é a “Pedra da Bigorna”, que estrategicamente fica posicionada de tal forma que causa uma ilusão de ótica. Onde quem é fotografado parece se encontrar em um desfiladeiro perigoso. Só que na realidade não há grandes perigos no local.

A famosa foto, haja criatividade para fazer poses rs Foto: Viaje em Família

A famosa foto, haja criatividade para fazer poses rs
Foto: Viaje em Família

Lógico que como em qualquer local em meio a pedras é preciso tomar cuidado, mas nada como aparece na foto.

Pedra da Bigorna surpreende pela vista e beleza Foto: Viaje em Família

Pedra da Bigorna surpreende pela vista e beleza
Foto: Viaje em Família

Existem mais de uma trilha para se chegar à pedra, por isso a contratação de um guia que conheça o local torna o passeio muito mais rico. Optamos pela empresa Desbravando o Rio, e quem nos acompanhou foi idealizador da empresa Luiz Gama, que possui vasto conhecimento histórico, e principalmente da natureza dessa cidade maravilhosa.

Luiz Gama juntamente com a Iara, a nova editora do blog, e eu no início da trilha Foto: Viaje em Família

Luiz Gama juntamente com a Iara, a nova editora do blog, e eu no início da trilha
Foto: Viaje em Família

Além disso ele é ótimo fotógrafo e tira fotos incríveis com sua máquina profissional (que com certeza pra quem quer registrar uma foto sozinha ou com um grupo em uma paisagem incrível sabe a dificuldade em tirar ótimas fotos).

Durante o trajeto pude observar pessoas de todas as idades, desde um grupo de senhores, até uma família com crianças. A única coisa que vai impactar é em quanto tempo você irá fazer o percurso. Porque se for em um ritmo rápido poderá conseguir em 40 minutos, mas caso pause muito isso irá afetar o tempo. A subida é íngreme, mas o grau de dificuldade é moderado.

Vista da Pedra do Telégrafo  Foto: Viaje em Família

Vista da Pedra do Telégrafo
Foto: Viaje em Família

Segundo Luiz do Desbravando Rio essa é uma das trilhas do Rio de Janeiro que crianças conseguem fazer tranquilamente.

A pedra tão fotografada foi intitulada Pedra do Telégrafo (o morro se chama Telégrafo) mas a pedra chama-se Pedra da Bigorna pelo seu formato. Mas a Pedra do Telégrafo também se pode visitar, e vale muito a pena, pois tem vistas incríveis.

Uma das principais dicas é ir durante a semana, pois com a repercussão do local na internet a fila para tirar a tão famosa foto, demora mais de 3 horas (acredite!!!). Por isso se planeje para ir durante a semana e mesmo assim não se espante em esperar uns minutinhos (no meu caso 20 minutos), mas nada se compara aos finais de semana.

No verão o calor é insuportável, por isso passe muito protetor e aproveite para pegar um bronze Foto: Viaje em Família

No verão o calor é insuportável, por isso passe muito protetor e aproveite para pegar um bronze
Foto: Viaje em Família

Muita gente reclama em esperar para tirar a foto, mas para quem já esperou horas para tirar foto com o Mickey (que eu amo), o que é esperar para tirar foto de um dos lugares mais lindos do Brasil.

Além dessa dica outra coisa importante é não se esquecer de levar água, repelente e ir de calçados apropriados como tênis ou bota.

Para quem quiser saber mais sobre a desbravando Rio :

Desbravando Rio
Luis – (21) 9807-3419.
Email: luiz@desbravandorio.com.br
Site: www.desbravandorio.com.br
Instagram: @desbravandorio

  • Compartilhe
Por Priscila Ventura
Priscila Zanirato Vergara Ventura é idealizadora do Blog Viaje em família e colaboradora do Jornal do Litoral; graduada em Turismo e pós-graduanda em Produção e Gestão Jornalística. Carrega na experiência em viagens um cruzeiro volta a mundo com sua família e hoje viaja sempre que pode seja a lazer ou a trabalho.
09.11.2016
Nenhum Comentário